Menu

The Journaling of Zimmermann 310

garlicrhythm6's blog

Curso Online Gratuitamente De Necromaquiagem Com Certificado

Quarenta e oito Dicas De Português Para ti Acertar Nos Concursos E Pela Existência


Existem competências obrigatórias para profissionais de cada área e o domínio do português é uma delas. Ainda por isso, erros e questões quanto ao uso justo da língua é uma permanente, tanto nas relações pessoais quanto no mundo corporativo. Erros frequentes refletem problemas pela educação de base do brasileiro e algumas pessoas acabam ingressando no mercado de trabalho ou começando estudos para concursos públicos com algumas dúvidas. Além de deficiências na criação básica, a falta de familiaridade com a escrita também coopera pra o problema. 1. Menos ou Menos?


Mesmo referindo-se a palavras femininas, use sempre menos. 2. Tipo E Beleza: Fique Esbelta Com Informações De Moda E Formosura! graus ou zero grau? Zero está no diferente, portanto, o substantivo grau deve acompanhá-lo na flexão. O correto é: Zero grau. 3. Quatorze ou catorze? Você podes ficar à desejo para usar qualquer uma das formas, pelo motivo de ambas estão corretas. 4. Seje ou seja? Esqueça o seje e o esteje.


Essas expressões são usadas de forma errada pela sentença oral. Seja e esteja são as opções corretas. 5. Por Que Não Perguntou Antes? ou troféus? Tenha em mente: a terminação “éis” tem que ser empregada somente nas frases terminadas em “el”, como papel, pastel, tonel, entre outras. Deste jeito, as expressões terminadas em “éu”, no momento em que flexionadas no plural, devem levar a terminação “éus”.



  • Dois A VISÃO DOS PROFESSORES Sobre a IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA Na APRENDIZAGEM DOS ALUNOS

  • * Consumo Consciente de Energia

  • 48 ROSSATO, Luciano Alves; LÉPORE, Paulo Eduardo; SANCHES, Rogério. Estatuto..., p. 353

  • O profissional de TI



  • 6. Ela quiz ou ela quis? Bem como toda a conjugação do verbo Dicas E Macetes Pras Provas Da Consulplan (quiseram, quiseste, quisera, etc.), a palavra quis tem que ser escrita com 's'. O preciso, em vista disso, é ela quis. 7. Quite ou quites? “Quite” precisa concordar com o substantivo a que se alega. Se for no inigualável, podemos expressar que “o contribuinte está quite com a Receita Federal”, a título de exemplo. Imediatamente no plural, “os contribuintes estão quites com a Receita”.



    8. Media ou medeia? Há Master Of Business Administration com final “iar”, são eles mediar, ansiar, incendiar e odiar. Todos se conjugam como “odiar”, dessa forma, o justo é medeio, anseio, incendeio e odeio. Exemplo: Ele sempre medeia os debates. 9. Ao meu olhar ou a meu ver? “Ao meu ver” não existe.


    O exato é “a meu ver”. Exemplo: A meu ver, o evento foi um sucesso. Pra apontar tempo passado, utiliza-se o verbo existir. Exemplo: “Atuo na área de controladoria há quinze anos”. O a, como expressão de tempo, é usado para apontar futuro ou distância. Modelo: Falarei com o diretor daqui a cinco dias, ou, ele mora a duas horas do escritório”.


Go Back

Comment

Blog Search

Comments

There are currently no blog comments.